Penalty e São Paulo ficam até final de 2015, e Ceni terá camisa de despedida

0

A Penalty anunciou que vai apresentar no próximo dia 18 de novembro uma camisa especial para a aposentadoria de Rogério Ceni dos gramados e, de forma antecipada, os uniformes do São Paulo para a temporada 2015.

O presidente da Penalty, Paulo Ricardo Oliveira, afirmou que o goleiro-artilheiro inclusive já aprovou o design da roupa: "A camisa é espetacular, e o Rogério Ceni ficou encantado". Por enquanto, a empresa e o clube tentam guardar em segredo as camisas para evitarem qualquer vazamento na internet.

Rogério Ceni deve pendurar suas chuteiras (ou melhor, luvas) neste ano, mas haverá um jogo de despedida de um dos maiores ídolos do São Paulo em fevereiro. “Ainda não tem data, nem adversário definido. Pode ser um jogo com amigos do Rogério, por exemplo", afirmou o vice-presidente de comunicação do São Paulo, Júlio Casaris. [[imagem20810]]

São Paulo com a Penalty até final de 2015

Todas essas informações foram divulgadas nesta terça-feira, quando a Penalty convocou uma entrevista coletiva para tentar mostrar que o clima entre a marca brasileira e o São Paulo está bem e que o contrato acordado anteriormente será cumprido até sua data estipulada, fim de 2015.

"Vocês vão perguntar se houve problemas no passado. É natural, mas nenhum deles deixou de ser superado. O São Paulo foi sim procurado por vários concorrentes, mas vamos manter esse contrato", revelou o presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar.

Apesar das afirmações e do cenário montado por marca e clube, mantém-se um clima de suspense no ar, pois há alguns meses o São Paulo vem mostrando descontentamento com os atrasos de pagamento da Penalty. Além disso, a apresentação antecipada também traz uma pulga atrás da orelha sobre a situação.

A mídia brasileira vem há algum tempo informando que a Puma vai vestir o clube tricolor a partir de janeiro de 2015. Se o São Paulo romper com a Penalty antes do fim de 2015, o clube tem de pagar R$ 2 milhões de multa, segundo prevê o contrato.