Adidas comemora sucesso da Brazuca em Copa cheia de gols após polêmicas com a Jabulani em 2010

0
233

 Os 83 gols marcados em 29 jogos na Copa do Mundo até agora são motivo de satisfação para a Adidas, fornecedora das bolas oficiais no torneio da Fifa. Depois de ver a Jabulani – bola da Copa de 2010 na África do Sul – ser muito criticada por jogadores, em 2014 a Brazuca faz a alegria da empresa e dos torcedores, com aprovação entre os jogadores e muita bola na rede.

Diretor geral de Copa da Adidas, Rodrigo Messias diz que não cabe à empresa dizer se as características da bola colaboraram para a média de 2,86 gols por jogo, a melhor desde a Copa de 1970, no México. Mas exalta a tecnologia aplicada no desenvolvimento da Brazuca e comemora o sucesso do produto no Mundial.

"A Brazuca é nossa primeira bola com seis painéis e foi desenvolvida pelo time de inovação da Adidas usando as últimas tecnologias. Ela combina o melhor da popular Tango 12 [bola usada na última Eurocopa, em 2012] e da bola da Liga dos Campeões, com o inovador design de seis painéis, que proporciona simetria, uniformidade e eficiência. Ficamos satisfeitos se as pessoas acham que a bola contribuiu para o grande começo do torneio", afirmou Messias ao Guia do Boleiro.

Confira as melhores imagens da Brazuca em todos os jogos da Copa até agora:

[[galeria]]

Para evitar surpresas com opiniões negativas de jogadores, a Adidas aperfeiçoou seu calendário de testes em relação ao que foi feito durante o processo de criação da Jabulani. A Brazuca foi testada ao longo de dois anos e meio em jogos disputados por 600 jogadores de 30 times em dez países diferentes.

"Entrevistamos 287 jogadores, sendo que um terço deles não são contratados da Adidas, e o retorno foi extremamente positivo", conta Messias.

Embora a Adidas não informe o número de bolas vendidas até agora por não poder abrir suas informações financeiras, é indiscutível o sucesso da Brazuca. Uma das ações de marketing criadas pela empresa alemã foi criar um bem humorado perfil em primeira pessoa da bola no Twitter. Atualmente, ela tem pouco menos de dois milhões de pessoas, dos quais pelo menos 1,8 milhão chegaram após o início da Copa.