Chuteiras Adidas F50 e Nike Mercurial disputam artilharia da Copa após metade da primeira rodada

0

Com um início cheio de gols, a Copa do Mundo já tem duas favoritas ao posto de chuteira artilheira do torneio. Com oito jogos já disputados (ou metade dos confrontos da primeira rodada – sendo o último contabilizado Japão 1 x 2 Costa do Marfim) e 28 gols marcados, os modelos Adidas F50, com 7 gols, e Nike Mercurial Superfly, com 6, são os grandes destaques do torneio até agora.

Infográfico: As camisas, chuteiras, bolas e outros equipamentos da Copa

O modelo da marca alemã balançou a rede quatro vezes apenas na goleada da Holanda contra a Espanha, já que Van Persie e Robben, que marcaram dois gols cada um, usam o modelo. A F50, porém, também ficou marcada pelo gol contra do lateral-esquerdo Marcelo, o primeiro do Mundial, no jogo de abertura contra a Croácia.

Veja na galeria qual chuteira marcou cada gol da Copa até agora:

[[galeria]]

A Mercurial Superfly – modelo de cano alto da empresa norte-americana -, por sua vez, teve seus gols "diluídos" e marcados por jogadores como Alexis Sánchez (Chile), Campbell e Marco Ureña (Costa Rica), Marchisio (Itália), Bony e Gervinho (Costa do Marfim.

Confira abaixo o ranking completo das chuteiras artilheiras da Copa até agora:

1ª – Adidas F50: 7 gols
2ª – Nike Mercurial Superfly: 6 gols
3ª – Adidas Predator: 5 gols
4ª – Nike Hypervenom: 3 gols
5ª – Puma EvoPower: 2 gols
6ª – Adidas 11Pro, Mizuno Wave Ignitus, Nike Tiempo e Warrior Superheat: 1 gol cada

Gols contra:
Adidas F50 – 1 gol