Camisetas ofensivas a ídolos da Copa geram revolta na internet

0

A grife masculina Sergio K tem provocado nos últimos dias uma grande polêmica com o conteúdo de uma linha lançada pela marca. O estilista apresentou uma coleção que faz brincadeiras ofensivas a ídolos da Copa e recebeu críticas por muitos internautas por frases tidas como preconceituosas. [[galeria]] As páginas das mídias sociais da grife foi encharcada com posts condenando as camisetas e alguns outros apoiando a “zoação” feita pelo estilista. De qualquer forma, as peças, que tinham preço unitário de R$ 189), não existem mais na loja virtual da marca.

LEIA TAMBÉM: Nike "se vinga" da Adidas e lança camisas-seleção para times mexicanos

As camisetas traziam mensagens como “Cristiano Ronaldo is gay”, “Maradona maricón" (termo em espanhol que significa gay), “Messi cabrón" (safado, em espanhol), “Balotelli is a loser" (Balotelli é um perdedor), e “Zidane is over" (Zidane está acabado).

VEJA: Marcas aposentam chuteiras com placas de contato e priorizam maciez

Além das várias manifestações dos internautas, páginas como Avaaz e All Out criaram campanhas para que a linha fosse retirada do mercado.