Conheça o passo a passo da genial ação de marketing da Puma ao anunciar Balotelli como novo patrocinado

0

Apesar de ser a terceira marca a dominar o mercado do futebol – atrás de Nike e Adidas -, a Puma deu uma verdadeira “aula” de marketing com as ações que envolveram o anúncio do atacante Mario Balotelli como novo patrocinado da marca alemã, e o Guia do Boleiro preparou um dossiê com todas as manobras realizadas pela empresa da cidade de Herzogenaurach.

{Veja ofertas de saldo de ano novo em produtos de futebol clicando aqui}[[imagem12001]]Apresentado como novo nome vinculado à marca alemã no último dia 23 de dezembro, o jogador italiano chamou a atenção de todos muito antes da mudança da Nike para a Puma (veja a sequência de ações da Puma na galeria abaixo). E atrair os holofotes e polemizar é uma atividade frequente para Balotelli, talvez por isso muitos não imaginavam que havia a manobra de uma empresa esportiva por trás de tudo.

Dias antes de ser anunciado pela Puma, Balotelli jogou uma partida pelo Milan, em pleno clássico com a Roma, com uma chuteira inteiramente revestida de manchetes de jornais sobre si. As imagens dela saíram em sites e jornais de todo o mundo. Nos tempos de Manchester City, o italiano já havia utilizado uma camiseta em que mostrava sua indignação com o que chamava de “perseguição dos jornais” para com ele.

LEIA TAMBÉM: Conheça as camisas de times vestidas por Eusébio durante sua carreira

Seria então mais uma indignação de Balotelli com a imprensa? Nada disso. Desta vez, a equipe de marketing da Puma aproveitou o alto poder midiático do “Super Mario” e o colocou a favor da empresa alemã. Alguns dias depois, Balotelli substituiu a famosa frase “Why Always Me?” (Por que sempre eu?, proferida pelo italiano para mostrar sua queixa na época de Manchester City) por “Why Always Puma?” e postou essa nova versão da chuteira em seu perfil no Twitter.

Ao mesmo tempo, a Puma anunciou o italiano como seu mais novo patrocinado, e Balotelli jogou com essa chuteira em mais uma partida do Milan. As ações não pararam por aí. Ciente do gosto do jogador por estampas camufladas, a Puma criou uma chuteira com esse design para o atleta e aproveitou para apresentar ao mercado seu mais novo modelo de chuteira, a EvoPower.[[galeria]]Além dessa repercussão toda, a Puma teve mérito em conseguir trazer Balotelli da marca que o patrocinava, a Nike. O italiano mostrava descontentamento com os valores que eram pagos pela Nike e até com as chuteiras da empresa de Oregon, já que era uma estrela de divulgação da Hypervenom, mas tirou a chuteira no meio de uma partida para trocar pela CTR, que utilizava anteriormente. Diante desse impasse, a marca alemã soube “seduzir” o atacante.

RELEMBRE: Balotelli pede a Nike 5 milhões de euros por ano, segundo jornal

Com a proximidade da Copa do Mundo no Brasil, o vínculo com Balotelli fez com que a Puma ganhasse um embaixador de peso na seleção italiana. A Itália é a principal seleção patrocinada pela marca alemã, e o contrato com Balotelli dá margem para muitas ações de marketing com o jogador.

Como já foi dito, a Puma é a terceira marca a dominar o cenário do futebol mundial. Contudo, Adidas e, principalmente, Nike viram a sombra da concorrente aumentar e presenciaram uma ação de marketing genial e praticamente de custo zero.