Jornal: Warrior contradiz Liverpool e usa frase discriminatória em slogan

0
139

O Liverpool enviou um comunicado para todos os seus funcionários com expressões da língua inglesa que devem ser evitadas dentro e fora de campo para tentar erradicar qualquer tipo de discriminação no clube, mas coincidentemente a fornecedora de material esportivo Warrior usa uma dessas frases como slogan no seu site.

LEIA MAIS: Messi joga futebol na "velocidade da luz" em vídeo de nova chuteira; veja

O documento, publicado no jornal inglês Daily Mail, mostra que o clube proibiu o uso de frases como "Play like a girl" ("Joga que nem menina"), "Princess" ("Princesa") e "Man up" ("Seja homem"), todas consideradas ofensivas às mulheres.

O site da Warrior, porém, usa o slogan "Man Up, Sign Up" para atrair torcedores a se cadastrar na página da empresa, famosa por uniformes de hóquei e que está tentando entrar no futebol.

[[imagem6627]]

"O clube deseja erradicar qualquer forma de discriminação ou comportamento discriminatório dentro e fora do gramado. É importante entender o contexto do que está sendo dito, mas esses são exemplos de palavras que são geralmente ofensivas e que o clube considera inaceitáveis", diz o comunicado.

O termo é usado para criticar jogadores que não estão completamente comprometidos com o clube e fazem parte de uma lista com frases muito mais ofensivas, inclusive à orientação sexual, raça e religião.

A Warrior patrocina o Liverpool desde o ano passado em um acordo de R$ 86 milhões por temporada. Veja as camisas de 2013/14:

[[galeria]]