Após trocar por CTR em campo, Balotelli ignora Hypervenom contra Japão

0
142

Mario Balotelli colocou o nome da mãe, do pai, da namorada e a bandeira da Itália na sua Hypervenom, mas talvez devesse tê-la testado antes. O atacante mudou de chuteira para a CTR 360 durante a estreia da Copa das Confederações contra o México e a usou desde o começo contra o Japão.

LEIA MAIS: Balotelli troca Hypervenom por CTR no meio da partida da Itália

Contra os mexicanos, Balotelli ao menos tentou usar a Hypervenom, mas decidiu trocar para a chuteira que usava antes de aderir ao calçado que tem o brasileiro Neymar como principal garoto propaganda. 

[[galeria]]

Na última quarta-feira, o jogador do Milan bateu o pênalti e marcou o terceiro gol da Itália contra o Japão usando a CTR 360, que é feita de couro sintético e e tem travas mais curtas e com um alinhamento circular.

A Hypervenom foi fabricada especialmente para jogadores velozes, que não é o caso de Balotelli. Com o cabedal em malha e o solado de nylon comprimido, a chuteira é leve e tem travas que facilitam a mudança de direção.