Torcedores do Rapid Viena inovam no protesto e constroem muro na porta da diretoria

0
49

[[imagem3905]]Segundo maior campeão austríaco com seis conquistas desde a reorganização do torneio em 1974, o Rapid Viena não vive dos seus melhores momentos, mesmo estando em terceiro lugar no nacional. Após derrota por 3 a 1 em casa para o Salzburg no último sábado, os torcedores resolveram protestar.

Mas ao invés de pixar muros, xingar dirigentes e jogadores culpados, os torcedores inovaram e construíram uma espécie de muro com blocos de concreto na frente da entrada da administração do clube.

Pregado a um dos blocos de concreto havia um quadro com a foto do mandatário do clube, Werner Kuhn, dentro de um balão de proibido com a inscrição “Ich darf nicht hinein!”, podendo ser entendido como “Eu não posso entrar”.

Com a derrota para o Salzburg, vice colocado da competição, o Rapid Viena viu a diferença para o adversário aumentar ainda mais, ficando agora de 17 pontos, o que praticamente elimina as chances dos Alvi-verdes, como são conhecidos no país, a se classificarem para as competições europeias, cujas vagas só são garantidas para os dois primeiros clubes do nacional.

Para piorar, o líder da competição é o Austria Viena, principal rival do clube e que caminha para o décimo quarto título do Campeonato Austríaco. A última conquista do Rapid Viena foi na temporada 2007/08.

[[imagem3904]]