Adidas traça perfil de jogador por algoritmo matemático e coloca Dani Alves no projeto

0

[[galeria]]A Adidas anunciou nesta segunda-feira o início de um projeto para identificar um específico perfil de jogador chamado “A Máquina”. Em parceria com uma das maiores fornecedoras de dados esportivos no mundo – a empresa Opta -, a marca alemã vai utilizar um algoritmo matemático para medir a performance de alguns atletas para, por fim, chegar a um grupo de atletas que se enquadrem neste esteriótipo.

De acordo com a Adidas, a “Máquina” é o tipo de jogador que percorre todo o campo, procura o gol em cada oportunidade, não dá espaço para o adversário e tem energia para correr do primeiro ao último minuto de partida.

A Adidas acredita que alguns jogadores já apresentam algumas características do “A Máquina” e vai fazer um levantamento das informações de suas atuações. São eles: o lateral-direito brasileiro Daniel Alves, do Barcelona, o meia espanhol Javi Martinez, do Bayern de Munique, o meia Daniele De Rossi, da Roma, e o atacante Lavezzi, do PSG.

A empresa das três listras ainda não deixou claro qual o objetivo deste projeto. Tudo leva a crer que tenha relação com a nova linha de chuteiras que a marca alemã deve lançar em breve, a quarta, que se juntará às três principais já existentes: F50, Predator e AdiPure.

LEIA TAMBÉM: Imagens de videogame "confirmam" novo modelo de chuteira da Adidas

No início do ano, vazaram algumas imagens de catálogo que falavam sobre essa nova linha que se chamaria Nitrocharge. Fotos desses mesmos jogadores vestindo chuteiras pintadas de preto, artimanha utilizada pelas marcas para não revelar um lançamento antes do tempo, dão mais força aos rumores, que devem se confirmar nas próximas semanas.

A Adidas e a Opta vão acompanhar de perto algumas partidas-chave da Liga dos Campeões e da Copa das Confederações, e a marca alemã vai postar a performance desses jogadores de acordo com esse algoritmo, denominado “A escala da Máquina”, em seu perfil no twitter e usando a hashtag TheEngine.