Dos 18 convocados da Seleção Brasileira, 14 são atletas Nike

0
286

[[galeria]]Divulgada na última segunda-feira, a lista com os convocados da Seleção Brasileira para o amistoso contra o Chile, no dia 24 de abril, não trouxe muitas surpresas. O destaque da lista foi o zagueiro Henrique, que vive boa fase no Palmeiras.

O Guia do Boleiro fez um levantamento e identificou as chuteiras usadas pelos 18 selecionados de Felipão. Foi constatada uma larga vantagem da Nike perante suas concorrentes. Nada menos que 14 atletas, contra apenas três da Adidas e um da Mizuno. Vale lembrar que a empresa americana é a forncedora de material esportivo da Seleção Brasileira desde 1996.

Dos atletas que não utilizam Nike estão os são-paulinos Jadson e Osvaldo, que usam a Adidas Predator e Adidas F50, respectivamente. A chuteira usada por Osvaldo é o mesmo modelo que o do craque argentino Lionel Messi. Completando o time da Adidas, está o volante corintiano Ralf, que, assim como Jadson, usa a Predator.

Como representante da Mizuno está o zagueiro Dedé, ainda no Vasco, mas muito perto de acertar sua transferência para o Cruzeiro. O defensor usa o modelo Wave Ignitus 2, cujo principal destaque são relevos na frente da chuteira com o intuito de, segundo a marca, gerar chutes com mais efeito.

Predominância da Nike

Com 14 atletas entre os convocados, a Nike tem um equilíbrio dentre os modelos utilizados por seus jogadores, mas a vitória fica com a Mercurial com cinco jogadores, quase todos atacantes: Neymar, Alexandre Pato, Leandro Damião e Leandro utilizam a chuteira de velocidade da Nike. O único defensor a vestir este modelo é o lateral direito Marcos Rocha. Todos utilizam o novo modelo azul e rosa, exceto Damião, que ainda prefere o modelo rosa e verde.

Com um empate triplo, Tiempo, CTR 360 e Total 90 têm três representantes cada.

Feita em couro de canguru, a Tiempo tem característica de toque de bola e por isso é a chuteira utilizada por Ronaldinho Gaúcho, maestro do Atlético-MG. Apesar de ser primeiro volante, Fernando é outro que escolheu vestir essa linha. Fechando a lista, Jefferson integra a lista dos que utilizam a chuteira de toque, mesmo não sendo jogador de linha. Todos vestem a chuteira preta, cor antiga, apesar de Ronaldinho também já ter se apresentado com o novo modelo vermelho.

A CTR 360, chuteira cujo conceito é para controle de bola e domínio, é calçada pelos volantes Paulinho e Jean, além do lateral-esquerdo André Santos, cuja característica de jogo é mais ofensiva. Todos, exceto Paulinho, usam o esquema de cor recém-lançado, o verde. Por jogar no Corinthians, o volante prefere a opção branca, por conta do rival Palmeiras. Além dele, outros atletas costumam optar por cores que não são as atuais, caso de Inter e Grêmio, Atlético-MG e Cruzeiro, entre outros.

Sem ter um número tão grande de atletas como as outras três chuteiras, a Total 90 também é vestida por alguns jogadores, com destaque para o setor defensivo, apesar de seu conceito ser pensada para os matadores. Além do goleiro Diego Cavalieri, os zagueiros Henrique e Réver optaram pelo modelo, que tem o acabamento mais reforçado entre as linhas da empresa americana, razão pela qual talvez seja prefêrencia dos defensores. Réver utiliza o novo esquema de cor laranja, enquanto Cavalieri e Henrique utilizam o antigo, o amarelo-limão.


E você, qual é a sua chuteira preferida?