Chuteira Nike Tiempo ganha uma boa adaptação para o society: a Mystic 4 TF

0

O conceito Classe Absoluta usado pela Nike para definir a chuteira Tiempo parece um pouco abstrato, mas faz bastante sentido quando pensamos no estilo dos meias que vestem essa linha. Ronaldinho Gaúcho usa a chuteira há cerca de 15 anos e deu notoriedade ao produto ao ganhar o prêmio de melhor jogador da FIFA em 2004 e 2005, quando desfilava suas jogadas mágicas com a Tiempo nos pés. Essa chuteira, portanto, é feita para aquele meia que prioriza um bom passe, um contato sensível com a bola e um conforto para todos os movimentos. Deixando, no entanto, um pouco de lado a sofisticação da ponta de linha Tiempo Legend IV (usada pelos profissionais e com couro de canguru, entre outros aperfeiçoamentos) e indo para o terreno do futebol society, a Mystic 4 TF é uma boa adaptação do calçado para a grama artificial. Essa foi a impressão do Guia do Boleiro ao colocar esse produto da Nike para teste.

LEIA TAMBÉM: Lesionado, goleiro Neuer, do Bayern de Munique, usa luva de quatro dedos

A Tiempo Mystic 4 TF é uma das edições de 2012, mas não a última e mais recente, que vem com a tecnologia All Conditions Control (controle em todas as condições) e que, segundo a Nike, não perde qualidade de performance mesmo em campos molhados. Apesar disso, “malhamos” a chuteira debaixo de chuva e não sentimos ela encharcada ou pesada.

A chuteira foi bem nesta condição, pois seu cabedal (região que veste o pé) é feito de couro full-grain (textura cheia), que tem grande resistência à água. Esse tipo de couro é original, intacto e caracterizado por não ter passado por nenhuma alteração como polimento ou lustra. Ele não é tão maleável como outros tipos de couro, principalmente se comparado ao de canguru, além de ser um pouco mais grosso também, mas, em contrapartida, sua durabilidade é maior. Ainda assim, é razoavelmente confortável.

MAIS TESTE: Cafusa se mostra uma bola macia, “venenosa” e praticamente impermeável

Ao vestir a Tiempo Mystic 4 TF, percebemos que ela é um pouco mais rígida mesmo. A placa de proteção na região do calcanhar e o reforço no bico do calçado fazem com que o espaço para o pé seja pouco expansível, ou seja, essa chuteira não deve lacear muito com o tempo. Por outro lado, além de entregar uma durabilidade maior e de proteger melhor o pé do atleta num jogo de choque como o society, o reforço que contorna a frente do calçado se torna muito útil no campo reduzido para toques e chutes utilizando essa região. A Tiempo Mystic 4 TF pode ser encontrada no mercado por um preço médio de R$ 250,00.

{Para comprar chuteiras da Nike, clique aqui}

Velocidade – 7
Apesar de não ser uma chuteira da linha de velocidade da Nike (como a Mercurial ou Nike GS), é leve e suas travas facilitam a arrancada. Claro, fica distante das chuteiras de campo Nike GS, que segundo a marca norte-americana tem 160 gramas de peso (tamanho 40,5), e da F-50 Adizero, cujo peso de 165 gramas (tamanho 41) é informado pela Adidas. Tamanho 38, cada pé da Tiempo Mystic 4 TF pesa 260 gramas.

Design – 7,5
A aparência da Tiempo é sempre clássica. Dificilmente, a Nike coloca cores muito extravagantes para essa linha, pois sabe que pertence a um jogador tradicional e mais discreto. A customização em uma loja física da Nike dá a opção de inscrever acima do símbolo da Nike (como foi feito pelo Guia do Boleiro, que optou pela gravação TESTE GB). Pelo site oficial da marca, existe a possibilidade da inscrição na região mais perto da sola.

Estabilidade – 8,5
Um aquecimento com bola e umas corridas demonstraram que ela tem uma ótima estabilidade. Durante o teste, verificamos que a pisada da Tiempo Mystic 4 TF no solo é firme e macia ao mesmo tempo, graças a uma entressola de EVA entre a palmilha e a sola do calçado. Acompanhamos também que os movimentos de giro foram feitos com facilidade, devido às travas redondas e ovais na parte de baixo da chuteira.

Caimento/Conforto – 6,5
Como já foi dito, o caimento da Tiempo Mystic 4 TF é um pouco mais rígido mesmo, devido à placa de proteção na região do calcanhar e o reforço no bico do calçado. No entanto, apesar de não dar muito espaço para o calçado lacear, ela é razoavelmente confortável durante a prática.

Molhada – 8,5
Devido à classificação do couro (full-grain, ou textura cheia), a entrada de água é pequena, fazendo com que o calçado não ganhe muito peso. Para a prática dos fundamentos como passe, chute e recepção não sentimos uma alteração significativa.

Entrega do conceito – 8
O conceito da Nike Tiempo casa muito bem com as características da chuteira feita para o meia que tem um jogo clássico. A Mystic 4 TF, que é adaptação da linha de campo para o futebol society, também calça muito bem o atleta que tem habilidade na recepção, nos chutes colocados e principalmente no passe.

Conclusão
Na média dos conceitos, a Nike Tiempo Mystic 4 TF é uma boa adaptação da linha de campo para o society. Ela mantém várias características da chuteira de gramado natural, exceto pelo couro de canguru, que deixa o calçado mais confortável. A barra de reforço na frente do calçado se torna bastante útil durante um jogo rápido como o de society.

Os testes foram realizados no Ipê Clube, que cedeu espaço para o GB realizar a atividade

[[galeria]]

Gostou do teste Guia do Boleiro? Conheça outras áreas do site:

– Home de uniformes, onde você encontra todas as novidades sobre camisas de futebol
– Nossas páginas com os últimos lançamentos de chuteiras de campo, chuteiras de society, tênis de futsal, bolas e luvas
– Nossa área dedicada especialmente à mulher apaixonada por futebol, a aba boleira